Contate-nos
pelo site
Rua: Quintino Bocaiúva, 463
Centro - Ribeirão Preto/SP

16 3043 2711
16 99197 9114

blog desenvolvere

Puberdade - atenção nessa fase tão importante do desenvolvimento!

puberdade | precoce | estatura | crescimento | puberdade precoce | pediatria | endocrinologia

11 DE dezembro DE 2014 - 11:00

Olá queridos!

 

Vamos abordar a “temida” puberdade. Usei a palavra temida, pois a puberdade está envolta em muitos tabus, dúvidas e medo dos pais em relação ao desenvolvimento físico e psicossocial dos seus filhos. Para os pediatras, esta fase é de muito desafio e, por vezes, com questões que são difíceis de responder.

 

Um ponto importante: puberdade e adolescência significam a mesma coisa?

 

Em termos. Na verdade, a puberdade é o mecanismo físico e hormonal em que o ser humano passa por transformações em seu corpo até atingir a vida adulta (mudança de voz, aparecimento de pêlos, espinhas, menstruação nas meninas, barba e voz grossa nos meninos, etc...). A adolescência está contida dentro da puberdade, mas são as transformações psicossociais do ser humano desde a infância até chegar à fase adulta. Esta é uma época muito peculiar, pois como se diz, adolescente é um ser com corpo de adulto e a cabeça de um menino(a).

O adolescente, ao mesmo tempo, quer ser independente e mostrar que tem suas ideias, grupos e descobrir o mundo sozinho e, por outro lado, tem medo de fazer as coisas e assumir as responsabilidades pelos seus atos sem ter a proteção dos pais. Isto tem muita relação com o aparecimento dos famosos hormônios, responsáveis por estas transformações.

 

O assunto é muito extenso e, para não ficar cansativo, irei abordar hoje quando os pais devem levar seus filhos ao médico para ver se a puberdade está ocorrendo de forma correta ou não.

 

A resposta é: SEMPRE LEVAR O SEU FILHO AO PEDIATRA, AINDA QUE TUDO ESTEJA CORRENDO BEM. Avaliação da puberdade é complexa e necessita de tempo e paciência para que não haja diagnóstico e tratamento errado.

 

Geralmente as meninas desenvolvem a puberdade entre 8 e 13 anos e meninos entre 9 e 14 anos. Apesar de, por vários motivos, as pessoas poderem desenvolver a puberdade um pouco antes ou um pouco depois destas faixas etárias e serem considerados normais, há a necessidade de investigação do profissional para se ter certeza de que teu filho esteja indo bem. Nas meninas, o marco inicial da puberdade é o desenvolvimento das mamas e, nos meninos, o crescimento da genitália (testículos, saco escrotal e pênis). Dificilmente os meninos gravam os marcos do seu desenvolvimento, mas as meninas apresentam maior facilidade por conta da menstruação, que é a fase onde as mulheres crescem mais 5-6 cm até parar de crescer.

 

A importância de uma boa avaliação da puberdade é porque ela tem importância no crescimento adequado do paciente (uma puberdade atrasada ou adiantada demais pode interferir na altura final do seu filho) e os hormônios têm importância não só no crescimento adequado, mas para prevenção de doenças tais como a baixa massa óssea (semelhante à osteoporose nos mais velhos) e a uma melhor qualidade de vida. Pacientes com puberdade extremamente atrasada necessitam de reposição hormonal adequada. Como já dito antes, a puberdade muito adiantada pode causar transtornos e necessita também de tratamento.

 

A avaliação correta da puberdade exige um longo acompanhamento com seu pediatra ou endocrinologista pediátrico e envolve a anamnese (conversa), exame físico detalhado, peso, ESTATURA e VELOCIDADE DE CRESCIMENTO dos pacientes, ALTURA DOS PAIS, raio X de mão e punho esquerdo (idade óssea) para comparar a idade de nascimento do paciente em relação à idade de seu organismo e dosagens hormonais.

 

Portanto, a consulta de rotina com o pediatra é importante! Na saúde perfeita que consegue-se descobrir várias doenças, e a avaliação da puberdade está envolvida nisso.

 

Espero tê-las ajudado! 


Dr Thiago

Compartilhe

confira também

Copyright 2018 © Todos os direitos reservados

desenvolvido por Oranges